Andreia Brasil

Content Writer

Sobre mim

Sou uma jornalista de 35 anos e trabalho há mais de uma década com produção de conteúdo, especialmente na área de comunicação corporativa, comunicação interna, branded content e marketing de conteúdo. Desde 2011, atuo como redatora freelancer e tenho experiência em todas as fases da criação de conteúdo, de pesquisas e entrevistas à redação, edição e revisão de textos e reportagens. Utilizo o poder das palavras para espalhar informações e comunicar mensagens - de maneira eficiente e eficaz - de clientes das mais diversas áreas, incluindo saúde, bem-estar, educação, indústria, tecnologia, esportes e economia.
Gosto de aprender coisas novas e encarar diferentes desafios. Morei por alguns anos em Amsterdã, nos Países Baixos, onde cresci muito pessoal e profissionalmente, além de ter adquirido fluência total em inglês e ter aprendido um bocado sobre a cultura e o idioma (tão singular) do país. Estou de volta ao Brasil há pouco mais de um ano.
Viajar é uma das coisas que eu mais gosto de fazer. Ler, assistir séries e filmes, abraçar cachorros, dançar e curtir longas caminhadas no parque também fazem parte dessa lista.

Algoritmo racista: entenda como a Inteligência Artificial pode discriminar

É inegável o poder – e os benefícios – da Inteligência Artificial. A tecnologia proporciona novidades e melhorias em todos os setores, da saúde aos negócios. Sem dúvida, os apps de comunicação são um dos maiores expoentes desse universo. Além de conectar pessoas, se tornaram palco da luta contra diferentes questões sociais, como o racismo. No entanto, surgiu aí um problema: o algoritmo racista, termo que se refere a softwares que privilegiam pessoas brancas.

Mindfulness, a arte de focar no presente

Será que você consegue se concentrar, de verdade, no que está fazendo agora? Ou enquanto lê este texto, por exemplo, sua mente começa a vagar por outras preocupações e coisas que precisa fazer? Se você respondeu sim para a segunda pergunta, não se preocupe: saiba que não está sozinho. Um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Harvard mostra que durante 47% do tempo as pessoas agem no piloto automático.

Criatividade: confira dicas para turbinar a sua

Focar na criatividade e ser criativo é produzir de forma inventiva e lidar com situações espontâneas e únicas que surgem no dia a dia. Segundo a psicóloga Renata Garutti Rossafa, mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Mato Grosso, apesar desse conceito, em geral, estar associado ao campo das artes e dos processos lúdicos, a verdade é que ele é algo bem mais simples e corriqueiro: “criar é produzir sentido para as coisas com as quais nos relacionamos”.
Load More Articles
Close